sexta-feira, 30 de abril de 2010

Está-me mesmo a apetecer

Share

Fim de semana, mesmo não sendo longo nem longe, como deveria ser quando inclui o 1 de Maio, vai saber muito bem na mesma.
"Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am fun again"

"Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am home again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am whole again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am young again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am fun again

However far away I will always love you
However long I stay I will always love you
Whatever words I say I will always love you
I will always love you

Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am free again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am clean again

However far away I will always love you
However long I stay I will always love you
Whatever words I say I will always love you
I will always love you"
Lovesong - Cure

Inquietações

Share
Para variar, em francês.
Samba de mon coeur qui bat - Coralie Clément

Dans mon ile - Henri Salvador

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Estas duas músicas têm muito de mim

Share
"Ninguém pode calar dentro em mim
Essa chama que não vai passar
É mais forte que eu
E eu não quero dela me afastar
Eu não posso explicar como foi
E nem quando ela veio
E só digo o que penso
Só faço o que gosto
E aquilo que creio
E se alguém não quiser entender
E falar, pois que fale
Eu não vou me importar com a maldade de quem nada sabe
E se alguém interessa saber
Sou bem feliz assim
Muito mais do que quem já falou ou vai falar de mim"
Resposta - Maria Bethânia

"Eu sou a chuva que lança a areia do Saara
Sobre os automóveis de Roma
Eu sou a sereia que dança
A destemida Iara
Água e folha da Amazônia
Eu sou a sombra da voz da matriarca da Roma Negra
Você não me pega
Você nem chega a me ver
Meu som te cega, careta, quem é você?
Que não sentiu o suingue de Henri Salvador
Que não seguiu o Olodum balançando o Pelô
E que não riu com a risada de Andy Warhol
Que não, que não e nem disse que não

Eu sou um preto norte-americano forte
Com um brinco de ouro na orelha
Eu sou a flor da primeira música
A mais velha
A mais nova espada e seu corte
Sou o cheiro dos livros desesperados
Sou Gitá Gogóia
Seu olho me olha mas não me pode alcançar
Não tenho escolha, careta, vou descartar
Quem não rezou a novena de Dona Canô
Quem não seguiu o mendigo Joãozinho Beija-Flor
Quem não amou a elegância sutil de Bobô
Quem não é Recôncavo e nem pode ser reconvexo"
Reconvexo - Maria Bethânia

Aos anos que eu não ouvia esta música

Share
"Chorei
Não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim não precisava
Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava
Um homem de moral
Não fica no chão
Nem quer que mulher
Lhe venha dar a mão
Reconhece a queda
E não desanima
Levanta, sacode a poeira
E dá a volta por cima"
Volta por cima - Sílvia Machete

Ela é louca mas muito engraçada e esta versão, de um clássico da dor de cotovelo, está muito boa. Música original é de 1962 e é de Paulo Vanzolini. Mais um caso curioso da música brasileira pois, além de compositor do samba, é médico também.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

domingo, 25 de abril de 2010

Estou longe e perto, sinto alegrias, tristezas e brinco...

Share
"Quando você
Me ouvir cantar
Venha não creia
Eu não corro perigo
Digo, não ligo, não digo
Deixo no ar
Eu sigo apenas porque
eu gosto de cantar...

Tudo vai mal, tudo
Tudo é igual
Quando eu canto e sou mudo
Mas eu não minto, não minto, não
Estou longe e perto
Sinto alegrias, tristezas e brinco...

Meu amor!
Tudo em volta está deserto
Tudo certo
Tudo certo como dois e dois
são cinco..."
Como dois e dois - Marina Lima
Música de Caetano, popularizada pelo Rei Roberto.

Necessito, urgentemente, de notícias do futuro

Share

Não me deixe só - Vanessa da Mata

Um ponto!!!

Share
Carrega Benfica!!

sábado, 24 de abril de 2010

Shut down

Share
"(...) Even flow, thoughts arrive like butterflies
Oh, he don't know, so he chases them away
Someday yet, he'll begin his life again (...)"
Even Flow - Pearl Jam

Finalmente consegui ter outra refeição desde o pequeno almoço, daí a versão aqui publicada ser a versão unplugged :). E agora vou fazer reset. Até mailogo.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Hoje acho que me apetece...

Share

Pura descontra

Share
Para dispensar as landmines por hoje :)

So nice

Share
Emotional landmine:
"Someone to hold me tight
That would be very nice
Someone to love me right
That would be very nice
Someone to understand each little dream in me
Someone to take my hand and be a team with me
So nice life would be so nice
If one day i find
Someone who would take my hand and samba through life with me

Someone to cling to me stay with me right or wrong
Someone to sing to me some little samba song
Someone to take my heart and give his heart to me
Someone who's ready to give love a start with me
Oh yes that would be so nice, nice
Should it be you and me
I could see it would be nice

Someone to cling to me stay with me right or wrong
Someone to sing to me some little samba song
Someone to take my heart and give his heart to me
Someone who's ready to give love a start with me
Oh yes, life would be so nice, nice
Should it be you and me
I could see it would nice"
So Nice - Diana Krall

quinta-feira, 22 de abril de 2010

É a sombra e a luz

Share
Hoje estou quase assim

"Un beau jour
Ou était-ce une nuit
On s'assoit sur un banc
On décide de refaire sa vie
Et sous le firmament
On oublie les règles et les acquis
Et tous nos différends
Sont différents
Un beau jour
Une fin d'après midi
On vole aux quatre vents
Vers un ailleurs
Un atoll, un abri
Une rivière de diamants
On oublie les comptes et les débits
Les quoi, les où, les quand
Simplement, simplement
C'est l'ombre et la lumière
Ces petits riens qu'on aimait tant naguère
San Rémo, le printemps en fleurs
Au loin j'entends battre ton coeur
C'est l'ombre et la lumière
Les vacanciers qui partent aux sports d'hiver
Monaco, Venise où Honfleur
Plus qu'un rêve, un leurre

Un beau jour
Ou était-ce une nuit
On s'assoit sur un banc
On reprend le cours de sa vie
On oublie simplement
Qu'on a vu un peu de paradis
Des mers, des éléments
Simplement, simplement
C'est l'ombre et la lumière
Ces petits riens qu'on aimait tant naguère
San Rémo, le printemps en fleurs
Au loin j'entends battre ton coeur
C'est l'ombre et la lumière
Les vacanciers qui partent aux sports d'hiver
Monaco, Venis où Honfleur
Plus qu'un rêve, un leurre"
C'est l'ombre et la lumiére - Coralie Clément

Intemporal

Share
Voltei a ouvi-lo completo e não consigo parar. Se voltassem a construir uma cápsula espacial para enviar para eventuais encontros com seres de outros planetas, este disco, definitivamente, tinha que ir. Representa o melhor que a humanidade tem, acentuado pela voz inigualável de João Gilberto, os poemas simples mas profundos, intimistas e emocionantes dos melhores poetas, Carlos Lyra, Vinícius, Ary Barroso, Newton Mendonça, Dorival Caymmi e o ritmo e a melodia contagiante da Bossa, chancelada pelos seus mais distintos representantes, onde se destaca, o maestro Tom Jobim (não esquecer Ronaldo Bôscoli, namorado de Nara Leão e futuro marido de Elis Regina).
Há poucas coisas no mundo que juntem tantos génios e que carregue consigo tanta história, tantos acontecimentos e tantas influências em mais de 50 anos (o disco é de 58!) que continuam a acontecer nos nossos dias. Nada é por acaso.

A apreciar

Share
Não gosto de tudo mas esta é arrepiante, dois clássicos interpretados de uma forma única. Nestes tempos em que o fado voltou a estar na moda, o António Zambujo é, inequivocamente, uma voz e uma personalidade diferente e única nesta nova vaga de intérpretes. Gosto.

Foi Deus - António Zambujo

Nem às paredes confesso - António Zambujo

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Nada é fácil

Share
"Na verdade, eu preciso aprender..." Ainda e sempre. Adoro este poema e esta música.

Não é fácil - Marisa Monte

terça-feira, 20 de abril de 2010

Sometimes it hurts...

Share
E estes dias não têm ajudado.

Sometimes it hurts - Tindersticks

domingo, 18 de abril de 2010

Razões do coração

Share
"A razão porque mando um sorriso
E não corro
É que andei levando a vida
Quase morto
Quero fechar a ferida
Quero estancar o sangue
E sepultar bem longe
O que restou da camisa
Colorida que cobria minha dor
Meu amor, eu não me esqueço
Não se esqueça, por favor
Que voltarei depressa
Tão logo a noite acabe
Tão logo este tempo passe
Para beijar você"
A voz única da Marina Lima a interpretar uma música de Paulinho da Viola, "Para um amor no Recife".

sábado, 17 de abril de 2010

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Ser Carioca

Share
Márávilhóso!! Apesar de achar que algumas das personagens mencionadas não têm a alma carioca mas quem sou eu para contrariar o grande Vinícius e o texto é magnífico, só podia ser o mestre!

“O que é ser carioca? É ter nascido no Rio de Janeiro. Sim, é claro, e também não. Não porque ser carioca é antes de tudo um estado de espírito. Ser carioca é uma definição de personalidade. Charles Chaplin é carioca. A princesa Margaret é carioca, e já o Townsend não é, Marilyn Monroe é dos seres mais cariocas que há na face da terra. Como cariocas são Orson Wells, dois Pablos: Picasso e Neruda, Louis Armstrong, Ilia Ehrenburg, o príncipe Ali Khan e Marlene Dietrich. Porque ser carioca, mais ainda que ser parisiense, é sentir-se perfeitamente integrado com a sua cidade e o seu meio; é portar roupas como um carioca; é saber das coisas antes que elas sejam ditas; é detestar trabalhar (mas trabalhar); é adorar flanar e bater papo no meio de milhões de compromissos; é acreditar que tudo se arranja (e arranja mesmo); é ser portador não de acidez, mas de certa adstringência como a dos cajus; é gostar de estar sempre chegando e não querer nunca ir embora; é ter ritmo em tudo para tudo; é ter em alta dose o senso do ridículo e da oportunidade; é gostar de gente mesmo falando mal; é gostar de banho de chuveiro; é amar todas as coisas que maldiz; é saber conhecer outro carioca no estrangeiro, só pelo modo de andar e de vestir-se. Isso é ser carioca. E a maior felicidade é que ao carioca foi dado para amar, desamar, exaltar, trair e ser escravo um outro ser cuja graça é indefinível: a mulher carioca."

VINICIUS DE MORAES

Do blog Literatura & Rio de Janeiro.


E Chico Buarque e Noel Rosa confirmam.

This too shall pass

Share
Já se viram várias abordagens a esta lógica, em anúncios inclusive mas esta está super elaboradad e original e a música é muito boa onda. No blog deles, os OK Go, têm inclusivamente o Interactive Floor Plan com cenas do makimg off. Excelente.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Mimar você

Share
"Eu te quero só pra mim
Você mora em meu coração
Não me deixe só aqui
esperando mais um verão
Te espero meu bem
Pra gente se amar de novo

Mimar você
Nas quatro estações
Relembrar
O tempo que passamos juntos

Bem bom viver
Andar de mãos dadas
Na beira da praia
Por esse momento
Eu sempre esperei"
Mimar você - Caetano Veloso

Emoções tropicais

Share
Apenas magnífico. Tito Paris e Luis Caracol.
"Cretcheu, cretcheu, once forever, once for all"

E Lura.

"Bô é coisa mais linda
Que já m`oiá na céu de Cabo Verde
Padoce de céu azul
Que núvem ninhum consegui escondê

Já m dzêb êl tcheu vez
Ma nunca bô levam a sério
Dêss confusão que vida é
Bô é únic beleza que ta restam

Crêtcheu, crêtcheu
Once forever once for all
Crêtcheu,crêtcheu
Once forever you`re the one

Bô é darling, poesia, riquesa
Amor e compreênção
Padoce de céu de Verão
Qu`incompreênsivelmente caím na nha mon

Mar, dam bô compreêncão
Quê pa calmam ess nha coração
Bô quê nha Deus
Bô quê nha mundo"
Padoce di céu azul

terça-feira, 13 de abril de 2010

Beeeenficaaa

Share
A primeira parte não sugeria o banho da segunda além do magnífico e sacrificado Cardozo e do imperial Aimar, Ruben Amorim, Di Maria, Ramires, estiveram magníficos e o David Luiz e o Luisão limparam liminarmente o terreno. Bonito.

Um beijo

Share

Um dos filmes da minha vida.
Share
"A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida."
Vinícius de Moraes

No Habrá Nadie En El MUndo - Buika

domingo, 11 de abril de 2010

Fim de semana reenergizante

Share
Puro prazer.







Family Affair - Mary J. Blige

Want - Cure

Mais Alguém - Roberta Sá

"Não deixe ideia de não ou talvez
Que talvez atrapalha"

sábado, 10 de abril de 2010

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Aquilo é que era mulher!!

Share
Apesar de continuar por cá (leia-se escritório) o optimismo foi legítimo e a tarde já está a ser descontraída, própria de uma sexta-feira, com um dia lindo lá fora e o sentimento do dever cumprido. Nada melhor que partilhar esta pérola do samba carioca e de um dos seus expoentes da malandragem, Zeca Pagodinho. Que sirva também de homenagem, respeito e consideração por tudo o que aquela gente passou nos últimos dias e que, como sempre, não vão dar mole, vão encarar e seguir em frente com o optimismo que só existe lá. Rio que mora no mar e no meu coração.
A letra desta música é incrível e o jeito especial do Zeca cantar dá-lhe um carácter único e ainda mais irresistível.

"Aquilo que era mulher
Pra não te acordar cedo
Saía da cama na ponta do pé
Só te chamava tarde, sabia teu gosto
Na bandeja, café
Chocolate, biscoito, salada de frutas
Suco de mamão
No almoço era filé mignon
Com arroz à la grega, batata corada
Um vinho do bom
E no jantar era a mesma fartura do almoço
E ainda tinha opção
É, mas deu mole, ela dispensou você
Chegou em casa outra vez doidão
Brigou com a preta sem razão
Quis comer arroz-doce com quiabo
Botou sal na batida de limão
Deu lavagem ao macaco
Banana pro porco, osso pro gato
Sardinha ao cachorro, cachaça pro pato
Entrou no chuveiro de terno e sapato
Não queria papo
Foi lá no porão, pegou "tresoitão"
Deu tiro na mão do próprio irmão
Que quis te segurar
Eu consegui te desarmar
Foi pra rua de novo
Entrou no velório pulando a janela
Xingou o defunto apagou a vela
Cantou a Viúva, mulher de favela,
Deu um beijo nela
O bicho pegou, a polícia chegou,
Um couro levou e em cana entrou...
E ela não te quer mais... Bem feito!"
Vacilão - Zeca Pagodinho

O que você quer mais?!!

Share
Depois da derrota do meu Benfica, estar às 4,30 da madrugada no escritório apetece mesmo mesmo ouvir Caetano para descomprimir e esta é a música mais certa e adequada :) Escândalo! Não há ninguém como o Caetano, mesmo. A gente se vê em Julho.

"Oh, doce irmã, o que você quer mais
Eu já arranhei minha garganta toda atrás de alguma paz
Agora nada de machado e sândalo
Eu já estou sã da loucura que havia em sermos nós
Também sou fã da lua sobre o mar
Todas as coisas lindas dessa vida eu sempre soube amar
Não quero quebrar os bares como um vândalo
Você que traz o escândalo irmã luz
Eu marquei demais, tô sabendo
Aprontei de mais, só vendo
Mas agora faz um frio aqui
Me responda, tô sofrendo
Rompe a manhã da luz em fúria arder
Dou gargalhada, dou dentada na maçã da luxúria, pra quê?
Se ninguém tem dó, ninguém entende nada
O grande escândalo sou eu aqui só
Mamãe, eu já marquei demais, tô sabendo
Aprontei de mais, só vendo
Mas agora faz um frio aqui
Mes responda, tô sofrendo
Rompe a manhã da luz em fúria arder
Dou gargalhada, dou dentada na maçã da luxúria, pra quê?
Se ninguém tem dó, ninguém entende nada
O grande escândalo sou eu aqui só"

PS: Devo fazer apenas um reparo importante, só não estou, estão aqui mais alguns bravos a teclar como se não houvesse amanhã, o que neste caso, é mesmo verdade para o trabalho em questão.
Acho que estou um bocadinho mais optimista :)

Sempre com esta máxima presente

Share
"Quem me vê sempre parado, distante
Garante que eu não sei sambar
Tou me guardando pra quando o carnaval chegar."
Quando o Carnaval chegar - Chico Buarque

Ainda a trabalhar e nada optimista, se não fossem estas coisas...

Eu guardo em mim, um Deus, um louco, um santo, um bem e um mal

Share
Estes dias de sol lindos fazem regressar as músicas de Verão e, imediatamente, as músicam do Armandinho voltam a ser uma inspiração e uma presença assídua no carro, em casa e nos "cantarolares" do dia. Esta teve inspiração especial :)
O bem e o mal - Armandinho

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Eu encontrei-a quando não quis mais procurar o meu amor...

Share
"e até quem me vê lendo jornal
na fila do pão sabe que eu te encontrei"

"Eu encontrei-a quando não quis
mais procurar o meu amor
e o quanto levou foi pra eu merecer
antes um mês e eu já não sei
e até quem me vê lendo jornal
na fila do pão sabe que eu te encontrei

e ninguém dirá
que é tarde demais
que é, tão diferente assim
do nosso amor
a gente é quem sabe, pequena
ah, vai me diz o que é o sufoco que eu te mostro alguém
a fim de te acompanhar
e se o caso for de ir a praia
eu levo essa casa numa sacola..

eu encontrei-a e quis duvidar
tanto clichê
deve não ser
você me falou
pra eu não me preocupar
ter fé e ver coragem no amor
e só de te ver
eu penso em trocar
a minha tv num jeito de te levar
a qualquer lugar
que você queira
e ir onde o vento for
que pra nós dois
sair de casa já é
se aventurar

ah vai me diz o que é o sossego que eu te mostro alguém
afim de te acompanhar
e se o tempo for te levar eu sigo essa hora
eu pego carona
pra te acompanhar"
Último Romance - Los Hermanos

terça-feira, 6 de abril de 2010

Você me abre seus braços e a gente faz um país

Share
Tudo em você é fullgás!!!

"Meu mundo você é quem faz
Música, letra e dança
Tudo em você é fullgás
Tudo em você é quem lança
Lança mais e mais e...

Só vou te contar um segredo
Nada de mal nos alcança
Pois tendo você, meu brinquedo
Nada machuca nem cansa

Então venha me dizer
O que será
Da minha vida
Sem você

Noites de frio
Dia não há
E um mundo estranho
Pra me segurar

Então onde quer que você vá
É lá que eu vou estar
Amor esperto
Tão bom te amar
E tudo de lindo que eu faço
Vem com você
Vem, feliz
Você me abre seus braços
E a gente faz um país"
Fullgás - Marina Lima

domingo, 4 de abril de 2010

Para ver se desta o sol se habitua a estar connosco de vez

Share

"Nunca deixem de usar filtro solar.
Se eu pudesse dar uma só dica sobre o futuro, seria esta: use filtro solar. Os benefícios a longo prazo do uso de filtro solar estão provados e comprovados pela ciência; já o resto de meus conselhos não tem outra base confiável além de minha própria experiência errante.

Mas agora eu vou compartilhar esses conselhos com vocês.

Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude. Ou, então, esquece... Você nunca vai entender mesmo o poder e a beleza da juventude até que tenham se apagado.
Mas, pode crer, daqui a vinte anos, você vai evocar as suas fotos e perceber de um jeito que você nem desconfia hoje em dia
quantas tantas alternativas se lhe escancaravam à sua frente, e como você realmente estava com tudo em cima.

Você não é tão gordo(a) quanto pensa.

Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que preocupação é tão eficaz quanto mascar chiclete para tentar resolver uma equação de álgebra. As encrencas de verdade de sua vida tendem a vir de coisas que nunca passaram pela sua cabeça preocupada, e te pegam no ponto fraco às quatro da tarde de uma terça-feira modorrenta.

Todo dia enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade.

Cante.

Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.
Use fio dental.
Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima, às vezes por baixo. A peleja é longa e, no fim, é só você contra você mesmo.
Não esqueça os elogios que receber. Esqueça as ofensas.
Se conseguir isso, me ensine.

Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extractos bancários velhos.
Estique-se.

Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam,
aos vinte e dois, o que queriam fazer da vida. Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.

Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.

Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante. Faça o que fizer, não se autocongratule demais, nem seja severo demais com você. As suas escolhas têm sempre metade das chances de dar certo. É assim para todo o mundo.

Desfrute de seu corpo.
Use-o de toda maneira que puder. Mesmo.
Não tenha medo de seu corpo ou do que as outras pessoas possam achar dele. É o mais incrível instrumento que você jamais vai possuir.
Dance.
Mesmo que não tenha aonde além de seu próprio quarto.

Leia as instruções, mesmo que não vá segui-las depois.
Não leia revistas de beleza. Elas só vão fazer você se achar feio.
Dedique-se a conhecer os seus pais. É impossível prever quando eles terão ido embora, de vez. Seja legal com seus irmãos. Eles são a melhor ponte com o seu passado e possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no futuro. Entenda que amigos vão e vêm, mas nunca abra mão de uns poucos e bons.

Esforce-se de verdade para diminuir as distâncias geográficas
e de estilos de vida, porque quanto mais velho você ficar, mais você vai precisar das pessoas que conheceu quando jovem.

More uma vez em Nova Iorque, mas vá embora antes de endurecer.
More uma vez no Havai, mas se mande antes de amolecer.

Viaje.

Aceite certas verdades inescapáveis:
Os preços vão subir. Os políticos vão saracotear.
Você, também, vai envelhecer.
E quando isso acontecer, você vai fantasiar que quando era jovem,
os preços eram razoáveis, os políticos eram decentes, e as crianças respeitavam os mais velhos.

Respeite os mais velhos.
E não espere que ninguém segure a sua barra.
Talvez você arrume uma boa aposentadoria privada. Talvez case com um bom partido. Mas não esqueça que um dos dois pode de repente acabar.

Não mexa demais nos cabelos senão quando você chegar aos quarenta vai aparentar oitenta e cinco.

Cuidado com os conselhos que comprar, mas seja paciente com aqueles que os oferecem. Conselho é uma forma de nostalgia. Compartilhar conselhos é um jeito de pescar o passado do lixo, esfregá-lo, repintar as partes feias e reciclar tudo por mais do que vale.

Mas no filtro solar, acredite!"

Filtro Solar, de Pedro Bial

sábado, 3 de abril de 2010

Duo virtuoso

Share
Adoro estas descobertas, esta dupla mexicana é um prazer de escutar, incríveis guitarradas. Rodrigo y Gabriela.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Excelente corrida

Share
Locais lindos, um mar tranquilo, o sol, apesar de tímido, acompanhou e esta foi uma das músicas da playlist. Amazing!

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Hoje foi bonita a festa, pá!

Share
Além de ter sido um grande jogo, emotivo, sempre no red line, o Benfica fez a exibição. Grande Javi, incríveis David Luis e Luisão, magnífico Fábio, poderosa equipa.