sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Deve estar dimais, velho!

Share
Superstition, Stevie Wonder e Janelle Monáe no Rock in Rio 11.

Esta é linda

Share
Três lindas e incríveis vozes, música magnífica.


"Eu não sou mais
Quem você
Deixou
Amor (de ver)

Vou a lapa
Decotada
Bebo todas (viro outras)
Beijo bem

Madrugada
Sou da lira
Manhãzinha
De ninguém
Noite alta
É meu dia
E a orgia
É meu bem

Eu não sou mais
Quem você
Deixou
Amor (de ver)"
Beijo sem - Teresa Cristina e Marisa Monte (composição Adriana Calcanhoto)

Como eu queria estar aí

Share
Rock in Rio 2011 a recuperar a siua essência.

Pura intuição...

Share

"Eu sei!
Tudo por acaso
Tudo por atraso
Mera distração...

Eu sei!
Por impaciência
Por obediência
Pura intuição...

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e dimensão
O futuro foi agora
Tudo é invenção...

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei
Pelo sentimento
Pelo envolvimento
Pelo coração...

Eu sei!
Pela madrugada
Pela emboscada
Pela contramão...

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e dimensão
O futuro foi agora
Tudo é invenção...

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei
Por qualquer poesia
Por qualquer magia
Por qualquer razão...

E eu sei!
Tudo por acaso
Tudo por atraso
Mera diversão
Mera diversão...

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e direção
O futuro foi agora
Tudo é invenção...

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei!..."
Tudo por acaso - Lenine

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Fala madrinha!

Share
Saudades de noites quentes no Rio! Louco de saudades, mesmo!

"Nunca mais ouvi falar de amor
Nunca mais eu vi a flor
Nunca mais um beija-flor
Nunca mais um grande amor assim
Que me fizesse um sonhador
Levando a dor pra ter um fim
Pra nunca mais
E nunca mais, amor
Eu tive jeito de sorrir
Eu tive peito de me abrir
Ando louco de saudade
Saudade ô
Que é louca por você
O tempo voa e não perdoa
Só magoa, solidão
Quem ama, chora
Chora quem ama
Quem diz que não ama
Não sonha em vão
Se a gente chora
E tem saudade
E até se atreve
Voltar atrás
Qua a velha frase
O vento leve
Era até breve
Não, nunca mais"
Saudade Louca - Arlindo Cruz e Beth Carvalho

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

69 anos

Share
Hoje o Tim Maia, se estivesse vivo faria 69 anos e, com certeza, faria alguma piada sobre a sugestiva idade... A gente gostava tanto de você, Tim!

"Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar...

Você marcou na minha vida
Viveu, morreu
Na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão
Que em minha porta bate...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Eu corro, fujo desta sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver prá não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar...

Você marcou em minha vida
Viveu, morreu
Na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão
Que em minha porta bate...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Eu corro, fujo desta sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver prá não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você..."
Gostava tanto de você - Tim Maia

Gosto muito deste filme e desta música

Share

"Si tú no vuelves
Se secarán todos los mares
Y esperaré sin ti
Tapiado al fondo de algún recuerdo.

Si tú no vuelves
Mi voluntad se hará pequeña
Me quedaré aquí
Junto a mi perro espiando horizontes

Si tú no vuelves
No quedarán más que desiertos
Y escucharé por si
Algún latido le queda a esta tierra

Que era tan serena
Cuando me querías
Había un perfume fresco que yo respiraba
Era tan bonita, era así de grande
No tenía fin...

Y cada noche vendrá una estrella
A hacerme compañía
Que te cuente cómo estoy
Que sepas lo que hay
Dime amor, amor, amor
Estoy aquí ¿no ves?
Si no vuelves no habrá vida
No sé lo que haré

Si tú no vuelves
No habrá esperanza ni habrá nada
Caminaré sin ti
Con mi tristeza bebiendo lluvia

Que era tan serena
Cuando me querías
Había un perfume fresco que yo respiraba
Era tan bonita, era así de grande
No tenía fin...

Y cada noche vendrá una estrella
A hacerme compañía
Que te cuente cómo estoy
Y sepas lo que hay
Dime amor, amor, amor
Estoy aquí ¿no ves?
Si no vuelves no habrá vida
No sé lo que haré"
Si tu no vuelves - Shakira & Miguel Bosé

20 anos!!!!

Share

Smells like teen spirit - Nirvana

Nova do Seu Jorge

Share

"Vou ficar a noite em claro sem pegar no sono
Meditando sobre o que de fato aconteceu
Eu até pensei que fosse terminar na cama
Como era de costume entre você e eu

Eu fiz de tudo mas era tarde
Foi o que eu podia dar você não entendeu
Eu quis ir fundo e você com medo
Tirou onda pois agora quem não quer sou eu
É... Quem não quer sou eu

Quem não quer sou eu

Pois é...

E vai a noite, vem o dia
E eu aqui pensando
Um cigarro atrás do outro
E eu fumo sem parar
Da janela eu vejo o trânsito congestionado
No meu peito o coração parece buzinar

Eu fiz de tudo mas era tarde
Foi o que eu podia dar você não entendeu
Eu quis ir fundo e você com medo
Tirou onda pois agora quem não quer sou eu
É... Quem não quer sou eu

Quem não quer sou eu

Pois é..."
Quem não quer sou eu - Seu Jorge

terça-feira, 27 de setembro de 2011

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Adoro essa

Share
Mas não conhecia essa versão com a Nina Becker. Ganhou Beleza.

"Eu sempre quis muito
Mesmo que parecesse ser modesto
Juro que eu não presto
Eu sou muito louco, muito
Mas na sua presença
O meu desejo
Parece pequeno
Muito é muito pouco, muito

Broto você é muito, muito
Broto você é muito, muito

Eu nunca quis pouco
Falo de quantidade e intensidade
Bomba de hidrogênio
Luxo para todos, todos
Mas eu nunca pensei
Que houvesse tanto
Coração brilhando
No peito do mundo louco
Gata você é muito
Broto você é massa, massa"
Muito - Caetano Veloso e Nina Becker

Nova da Ana Carolina

Share

"Qualquer distância entre nós
Virou um abismo sem fim
Quando estranhei sua voz
Eu te procurei em mim
Ninguém vai resolver
Problemas de nós dois.

Se tá tão difícil agora
Se um minuto á mais demora
Nem olhando assim mais perto
Consigo ver porque tá tudo tão incerto
Será que foi alguma coisa que eu falei?
Ou algo que fiz que te roubou de mim ?
Sempre que eu encontro uma saída.
Você muda de sonho e mexe na minha vida

O meu amor conhece cada gesto seu
Palavras que o seu olhar só diz pro meu
Se pra você a guerra está perdida
Olha que eu mudo os meus sonhos,
Pra ficar na sua vida!

Se tá tão difícil agora
Se um minuto á mais demora
Nem olhando assim mais perto
Consigo ver porque tá tudo tão incerto
Será que foi alguma coisa que eu falei?
Ou algo que fiz que te roubou de mim ?
Sempre que eu encontro uma saída
Você muda de sonho e mexe na minha vida

Se tá tão difícil agora
Se um minuto á mais demora
Nem olhando assim mais perto
Consigo ver porque tá tudo tão incerto
Será que foi alguma coisa que eu falei?
Ou algo que fiz que te roubou de mim ?
Sempre que eu encontro uma saída
Você muda de sonho e mexe na minha vida

O meu amor conhece cada gesto seu
Palavras que o seu olhar só diz pro meu
Se pra você a guerra está perdida
Olha que eu mudo os meus sonhos,
Pra ficar na sua vida!"
Problemas - Ana Carolina

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Like!!

Share
Aí está a primeira amostra do próximo álbum da Marisa Monte e usando a sua estratégia de lançamento nas redes sociais só posso dizer, Like, muuito!!!
"Ainda bem
Que agora encontrei você
Eu realmente não sei
O que eu fiz pra merecer
Você

Porque ninguém
Dava nada por mim
Que nada eu não tava a fim
Até desacreditei
De mim

O meu coração
Já estava acostumado
Com a solidão quem diria
Que ao meu lado você iria ficar

Você veio pra ficar
Você que me faz feliz
Você que me faz cantar
Assim

O meu coração já estava aposentado
Sem nenhuma ilusão
Tinha sido maltratatdo
Tudo se transofrmou

Agora você chegou
Você que me faz feliz
Você que me faz cantar
Assim

Ainda bem

O meu coração
Já estava acostumado
Com a solidão
Quem diria que ao meu lado
Você iria ficar

Você veio pra ficar
Você que me faz feliz
Você que me faz cantar
Assim

O meu coração já estava aposentado
Sem nenhuma ilusão
Tinha sido maltratatdo
Tudo se transformou

Agora você chegou
Você que me faz feliz
Você que me faz cantar assim

Ainda Bem... "
Ainda Bem - Marisa Monte

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Duetos II

Share
Música já com muita estória pois o seu original já remonta aos anos 70 e é da autoria de Hyldon, um dos parceiros do Tim Maia na música soul brasileira. Mas esta música foi popularizada uns largos anos mais tarde pelos Kid Abelha que, nessa altura, acho que ainda se chamavam Kid Abelha e os Abóboras Selvagens :).
A música chama-se "Na rua, na chuva, na fazenda" e percebem-se e identificam-se vários "sintomas" que estamos habituados a encontrar nas músicas do Tim e em muitos sucessos brasileiros dos anos 70 que foram ressuscitados pelo filme "Cidade de Deus".
A versão dos Kid Abelha tem , neste vídeo, um upgrade graças à participação do Lenine no dueto com a sempre linda Paula Toller.
A outra versão foi um dos momentos dos últimos Prémios Multishow e conta com a presença do Hyldon, da artista revelação Monique Kessous e dos Jotaquest que, curiosamente, também recuperaram, há uns anos, outro sucesso do Hyldon, "As dores do mundo".


"Não estou disposto
A esquecer seu rosto de vez
E acho que é tão normal
Dizem que eu sou louco
Por eu ter um gosto assim
Gostar de quem não gosta de mim...

Jogue suas mãos para o céu
Agradeça se acaso tiver
Alguém que você gostaria que
Estivesse sempre com você
Na rua, na chuva, na fazenda
Ou numa casinha de sapê...

Não estou disposto
A esquecer seu rosto de vez
E acho que é tão normal
Dizem que soy loco
Por eu ter um gosto assim
Gostar de quem não gosta de mim...

Jogue suas mãos para o céu
Agradeça se acaso tiver
Alguém que você gostaria que
Estivesse sempre com você
Na rua, na chuva, na fazenda
Ou numa casinha de sapê..."
Na rua, na chuva, na fazenda - Hyldon

Vozes quentes para uma noite quente de Verão

Share
Uma das minhas vozes preferidas e claramente quente do Brasil, Marina Lima em dois duetos com mais duas grandes vozes, Samuel Rosa dos Skank e Seu Jorge.
Não conhecia o este dueto, bela música e a canção "Fullgas" tem uma das estrofes mais bonitas para mim, "você me abre seus braços e a gente faz um país". E com Seu Jorge, na parada, a coisa fica ainda mais manera.

"Acho que agora vejo
acho que eu encontrei
o que havia e sempre procurei

Não veio das montanhas
nem tava nesse mar
mais de um clarão do seu olhar

Tive histórias tristes
que só eu bem sei
mas que o tempo fez transformar

Só assim pra sentir o beijo
só assim pra reconhecer
a diferença entre os outros e você

Como vale arriscar na vida
como é bom amadurecer
e te encontrar assim por merecer

Tive histórias tristes
que só eu bem sei
e que o tempo fez transformar

Tem vitórias trilhos
que me levam a querer
nesse forte impeto de amar

Amar você pra sempre
Amar você pra sempre
amar você pra sempre
amar você pra sempre

Sei que agora vejo
sei que eu encontrei
o que havia e sempre procurei

Tendo você comigo
há tempo pra sonhar
e o universo inteiro pra alcançar

Tive histórias triste
que só eu bem sei
e que o tempo fez transformar

Em vitórias trilhos
que me levam a querer
esse forte impeto de amar

Amar você pra sempre
Amar você pra sempre
amar você pra sempre
amar você pra sempre

Tive histórias triste
que só eu bem sei
e que o tempo fez transformar

Em vitórias trilhos
que me levam a querer
esse forte impeto de amar

Amar você pra sempre"
Pra Você - Marina Lima e Samuel Rosa

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Belo espetáculo

Share
Que bem que se está a jogar na final do US Open. Nadal e Djokovic estão dar show de bola!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Merecido

Share
A Monique Kessous ganhou a categoria "Revelação" nos Prémios Multishow, descobria-a há muito pouco tempo mas estou rendido. Volto a repetir o que disse no único post que fiz sobre ela, grande voz, lindas canções.

"Levo a minha vida assim
Não olho só pra quem quiser saber de mim
Me movo para longe de quem não vê nada além de si

Para ainda viver aqui
Espero a hora certa de me divertir
Eu quero andar por onde
Ainda se ver somente o sentido
Puro sentido

Onde estará não vai mais ficar
Vem pra liberar
Sem contra indicação de usar
Tanto faz se é de lá para cá
Ou de cá para lá

Quando chegar, não mais eu estarei
Apático, em parte lá
Tão ávido a esperar
Eu ficarei só a cantar, cantar, cantar"
Levo a minha vida assim - Monique Kessous

Samba Quadrado

Share
Conheço o Rodrigo Maranhão há muitos anos, pelas sua presença nos Bangalafumenga, pelas suas participações nos shows dos Monobloco, das suas colaborações com vários artistas desta nova onda genial da MPB, que a eleva a mais um patamar de extrema qualidade e cheio de dinamismo e jovialidade.
Agora tem o seu primeiro projecto, "Passageiro" que me deixou bastante feliz, recomendo!

"Eu quis fazer um samba importado
Um samba quadrado
Um samba sem rebolado, um samba só

Eu quis fazer meu samba calado sambar parado
Um samba sem teu gingado, um samba só

Eu quis fazer samba pra Maria, mas não fazia
Eu quis um samba por dia
Sambei só

Eu quis fazer um samba falado
Fiz tudo errado e a perna deu um nó"
Samba Quadrado - Rodrigo Maranhão

Feliz aniversário amigo!!

Share
Esta é totalmente para ti!! Ainda por cima com os dois suspeitos do costume jumtos! Ainda vamos ter muitas descobertas da música que amamos, juntos. Grande abraço!

O Pato - João Gilberto, Caetano Veloso

Esta é muito boa, sabe a Verão

Share

Yes - Musiq Soulchild

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

sábado, 3 de setembro de 2011