sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz 2011, Rio

Share

Feliz 2011

Share


"Next Year,
Things are gonna change,
Gonna drink less beer
And start all over again
Gonna pull up my socks
Gonna clean my shower
Not gonna live by the clock
But get up at a decent hour
Gonna read more books
Gonna keep up with the news
Gonna learn how to cook
And spend less money on shoes
Pay my bills on time
File my mail away, everyday
Only drink the finest wine
And call my Gran every Sunday
Resolutions
Well Baby they come and go
Will I do any of these things?
The answer's probably no
But if there's one thing, I must do,
Despite my greatest fears
I'm gonna say to you
How I've felt all of these years
Next Year, Next Year, Next Year
I gonna tell you, how I feel
Well, resolutions
Baby they come and go
Will I do any of these things?
The answer's probably no
But if there's one thing, I must do,
Despite my greatest fears
I'm gonna say to you
How I've felt all of these years"
Next year baby - Jamie Cullum

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Share
"Guarde segredo que te quero
E conte só os seus pra mim
Faça de mim o seu brinquedo
Você é meu enredo
Vem pra cá

Te quero
Te espero
Não, não vai passar
O amor nao falta estar

Você pensa mim
Eu penso em você
Eu tento dormir
Você tenta esquecer

Longe do seu ninho, meu andar caminho
Deixo onde passo os meus pés no chão
Sou mais um na multidão

O mar de sol no leito do lar
E nem o rio pode apagar
O amor é fogo e ferve queimando
Estou ferido agora e sigo te amando
Você pode acreditar

A mesma carta o mesmo verbo
E sonho só viver pra ti
Quem tem a chave do mistério
Não teme tanto o medo de amar

Me cego
Te enxergo
Não, não vai passar
O amor não tarda estar

Te quero
Te espero
Não, não vai passar
O amor não falta estar

Você pensa em mim
E eu penso em você
Eu tento dormir
Você tenta esquecer

Longe do seu ninho, meu andar caminho
Deixo o óbvio e faço os meus pés no chão

Sou mais um na multidão"
Mais um na Multidão - Erasmos Carlos e Marisa Monte
Share
"Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que aprendi vendo meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que arco-íris
Risca ao levitar

Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar"
Pra você guardei o amor - Nando Reis e Ana Cañas

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Bela surpresa de final de ano

Share
Linda voz, músicas bonitas, belas interpretações, valeu Sof.

"Não adianta um carinho todo dia
Só acedita que te ama se jurar
Não adianta encher a cara de alegria
A dose certa sempre tem q derramar

Não basta ganhar de um a zero
Por que seu time sempre tem q golear?
Não basta ser feliz e brasileiro
Tem que ter jogo de cintura e sambar

Acha pouco ter o Rio de Janeiro
Acha que o sol nunca pode descansar
Acha pouco ter um pouco de dinhehiro
O seu barato e ter o mundo pra comprar"
Mais - Alexia Bomtempo

Sempre Caetano

Share
Música original de João Bosco e letra de Aldir Blanc mas adoro esta interpretação do Caetano Veloso e da banda, é incrível o poder de reinvenção que ele demonstra constantemente. Faz parte do seu novo trabalho "Zii e Zie", lançado em 2009.
O seu show no Coliseu do Recreios foi um dos momentos de 2010.

"Dotô,
jogava o Flamengo, eu queria escutar.
Chegou,
Mudou de estação, começou a cantar.
Tem mais,
Um cisco no olho, ela em vez de assoprar,
Sem dó,
Falou que por ela eu podia cegar.

Se eu dou,
Um pulo, um pulinho, um instantinho no bar,
Bastou,
Durante dez noites me faz jejuar
Levou,
As minhas cuecas pro bruxo rezar.
Coou,
Meu café na calçola pra me segurar

Se eu tô
Devendo dinheiro e vem um me cobrar
Dotô,
A peste abre a porta e ainda manda sentar
Depois,
Se eu mudo de emprego que é prá melhorar
Vê só,
Convida a mãe dela pra ir morar lá

Dotô,
Se eu peço feijão ela deixa salgar
Calor,
Mas veste casaco pra me atazanar
E ontem,
Sonhando comigo mandou eu jogar
No burro,
E deu na cabeça a centena e o milhar

Quero me separar"
Incompatibilidade de gênios - João Bosco interp. por Caetano Veloso

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

"Se quiser rio, tem..."

Share
"Se você quer grilo, tem
se quiser rio, tem
e se quiser também
até cabana tem
uma lareira, tem
um violão também
um passarinho, tem
mas se você quiser
morar na praia, vem
um automóvel, tem
cabeleireiro, tem
e vira a gente bem
Copacabana, tem
biriba à noite, tem
e quando a Lua vem
jantar no iate, bem
eu faço o que você quiser
se você for minha até morrer
mulher...

Bem, eu faço o que você quiser
se você for minha até morrer
mulher..."
Os grilos - Marcos Valle
Duas grandes interpretações, original de Marcos Valle e Marcela Mangabeira.

"E por isso eu canto assim..."

Share
"Graças a Deus,
Minha vida mudou,
Quem me viu,quem me vê,
A tristeza acabou.

Contigo aprendi a sorrir,
Escondeste o pranto,
De quem sofreu tanto,
Organizaste uma festa em mim,
E por isso eu canto
Assim"
Minha festa - Nelson Cavaquinho interp. por Nina Becker


"Sei que amanhã
Quando eu morrer
Os meus amigos vão dizer
Que eu tinha um bom coração
Alguns até hão de chorar
E querer me homenagear
Fazendo de ouro um violão
Mas depois que o tempo passar
Sei que ninguém vai se lembrar
Que eu fui embora
Por isso é que eu penso assim
Se alguém quiser fazer por mim
Que faça agora.

Me dê as flores em vida
O carinho, a mão amiga,
Para aliviar meus dias.
Depois que eu me chamar saudade
Não preciso de vaidade
Quero preces e nada mais"
Quando eu me chamar saudade - Nelson Cavaquinho interp. por Nina Becker

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

"Só quero o meu lugar nas asas dessa ilusão..."

Share
Contagem decrescente para 2011.
Optimismo e muita paixão e emoção.

"Dentro do meu ser arde uma paixão
Fogo de saudade invade o coração
Foi sem perceber que o amor chegou
Sem nem mais porque a luz se apagou

E sendo assim a minha voz não vou calar
Desejo sim que um novo sol venha brilhar

Quem ama pra valer do amor se fortalece
Não fiz por merecer a dor que me entristece

E sendo assim a minha voz não vou calar
Desejo sim que um novo sol venha brilhar

Só quero o meu lugar nas asas dessa ilusão
Que tanto me fez chorar"
Fogo de Saudade - Sombrinha c/ Grupo Revelação

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Foto magnífica

Share

Heitor Alves, surfista brasileiro, cearense, que ganhou a etapa da Figueira da Foz do WQS deste ano. Foto do jornal i de hoje na reportagem "Dammed brazilians"

Fala Zeca!

Share
"Pôxa como foi bacana te encontrar de novo
Curtindo um samba junto com meu povo,
você não sabe como eu acho bom;

Lalaia ilaia

Eu te falei que você não ficava nem uma semana,longe
deste poeta que tanto te ama, longe da batucada e do
meu amor...

Lalaia ilaia

Pôxa por que você não para pra pensar um pouco, não vê
que é motivo de um poeta louco,que quer o teu amor pra
te fazer canção...

Pôxa não entre nessa de mudar de assunto, não vê como
é gostoso a gente ficar junto mulher o teu lugar é no
meu coração...

Pôxa laiaialaia
pra ter o teu amor e te fazer canção....
Lalaia ilaia
Pôxa mulher o teu lugar é no meu coração...

Pôxa como foi bacana te encontrar de novo
Curtindo um samba junto com meu povo,
você não sabe como eu acho bom;

Lalaia ilaia

Eu te falei que você não ficava nem uma semana,longe
deste poeta que tanto te ama, longe da batucada e do
meu amor...

Lalaia ilaia

Pôxa por que você não para pra pensar um pouco, não vê
que é motivo de um poeta louco,que quer o teu amor pra
te fazer canção...

Pôxa não entre nessa de mudar de assunto, não vê como
é gostoso a gente ficar junto mulher o teu lugar é no
meu coração...

Pôxa laiaialaia
pra ter o teu amor e te fazer canção....
Lalaia ilaia
Pôxa mulher o teu lugar é no meu coração..."
Pôxa - Zeca Pagodinho

É Verão na Urca, em Botafogo, no Jardim Botânico, em Copacabana, em Ipanema e no Leblon

Share


Chega de Saudade - João Gilberto e Bebel Gilberto

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Chegou o Verão ao Rio

Share
Era assim que eu gostava de comemorar o meu aniversário. Nasci no hemisfério errado.

Teus Olhos...

Share

"Teus olhos abrem pra mim
Todos os encantos
Teus olhos abrem pra mim

Teus olhos abrem pra mim
Todos os encantos bons
Tudo que se quer vai lá

Eu vi na terra
Você chegando assim
Assim, de um jeito tão sereno

Ai, ai, meu Deus do céu
Eu vivo sem pensar
Se sou só

Acho que não vou mais
Agora tudo tanto faz,
meu bem
Eu vi você passar
levando meu encanto

Caminho sem saber de mim
Eu vivo sem pensar
Se sou só
Ou sou mar

Mas eu conto com você
Pois enquanto eu não me resolver
Eu vou lá, eu vou lá
Mas enquanto eu não me resolver
Eu vou lá, eu vou lá"
Teus Olhos - Ivete Sangalo e Marcelo Camelo

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Share
Linda voz, música simples mas e tranquila. Alexia Bomtempo é filha de uma cantora e compositora norte-americana e de um brasileiro, mora em Ipanema, apesar de ter nascido e ter sido criada nos states e tem um disco editado, "Astrolábio", produzido por Dadi, que já trabalhou com Caetano e Marisa Monte. Alexia faz também parte do projecto Doces Cariocas com Pierre Ardene, também ele fruto de uma mistura curiosa pois nasceu em Toulouse, filho de mãe brasileira e pai português.
"A vida é azul
A pérola, negra
Djavan é lilás
Prince é púrpura
Carlinhos é brown
O Barão é vermelho
Caetano é camaleão
Beatles é branco
submarino amarelo
A Inglaterra é cinza
Arco-íris é gay
A Barbie é rosa
A rosa é vermelha
A tangerina é laranja
A laranja, amarela
A maçã é vermelha
E branca quando se morde ela

Amarelinha é brincadeira
Verde e rosa é Mangueira
Vermelho e brnaco é Salgueiro
Preto com branco dá brasileiro"

Cromologia - Alexia Bomtempo

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Também é Natal por causa de coisas como estas

Share

Incompatibilidades

Share
"Saber que duas incompatibilidades são,na realidade,duas velocidades diferentes já facilita muita coisa.É uma questão concreta,nada pessoal.O problema é que por não sabermos disso estamos sempre julgando,tomando o efeito pela causa,e acusando o outro.Acusando o veneno sem saber,que para o veneno,voce também foi veneno" - Auterives Maciel

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Rapte-me...

Share
"Rapte-me camaleoa
Adapte-me a uma cama boa
Capte-me uma mensagem à-toa
De um quasar pulsando lower
Interestelar canoa
Leitos perfeitos
Seus peitos direitos me olham assim
Fino menino me inclino pro lado do sim

Rapte-me, adapte-me, capte-me
It's up to me
Coração
Ser querer, ser merecer, ser um camaleão
Rapte-me camaleoa
Adapte-me ao seu
Ne me quitte pas"
Rapte-me Camaleoa - Caetano Veloso com Maria Gadu

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Como eu os entendo e invejo

Share
Duas crónicas do Jornal i da Mónica Marques e do Hugo Gonçalves. Quem me conhece sabe que eu não poderia concordar mais com os dois e que, apesar da inquietante inveja, dá prazer sentir este prazer.

Não há pecado abaixo do equador por Mónica Marques, Publicado em 13 de Dezembro de 2010, jornal i
Há um ano ou dois resolvi chatear-me com o Velho Mundo: Com os museus, as bibliotecas, as universidades e as discotecas cheias de jovens chatos e vegetarianos, nada diletantes. E manicures suburbanas, e universitárias iletradas e confusas por não serem meninas bem de dicção afectada, maravilhosa e irritante ao mesmo tempo. E de sindicalistas de meia-tigela e filósofos barbudos de 35 anos, que frequentam jardins gelados para se porem a pensar, a pensar.
Há um ano ou dois que sou feliz longe disso. Só com o pãozinho francês do Talho Capixaba, o sol escaldante dos dias quentes do Rio de Janeiro, onde os políticos são ladrões, mas não de meia-tigela, os facínoras são facínoras, o feijão é preto, a maconha dá tesão, a chuva cai direita, o Fluminense é campeão para regozijo meu e do Nelson Rodrigues e o Ferreira Gullar diz, naquele seu riso tão característico e nas tintas para o tempo, que não quer ter razão, só quer é ser feliz.

Final de semana carioca por Hugo Gonçalves, Publicado em 14 de Dezembro de 2010, jornal i
É tudo muito rápido e assim que chegas já estás utilizando o gerúndio sem te dares conta e entre a casa e a praia já bebeste um chopp e há uma agitação de vendedores ambulantes, vapores de gasolina, um machete decapitando um coco com água de gelar o céu-da- -boca. Depois há cervejas na praia, o cheiro da maconha fumada por rapazes que não usam sunga e que talvez tenham profissões artísticas e se desloquem em bicicletas. Em seguida estás num lugar com mais gente e é de noite e os morros iluminados ficam mais bonitos por causa das lentes da cachaça e o teu amigo diz-te, numa festa no Centro, que nunca pensou que as brasileiras fossem tão altas. Dormes pouco e acordas cedo porque a ventoinha no tecto produz um barulhinho bom, mas não refresca. Sais para a praia e no final do dia, num terraço onde se viam urubus planando sobre os prédios, tiveste a certeza que a combinação cachaça & chopp é remédio para a felicidade. No dia seguinte: praia, feijoada, cerveja e cachaça até que a noite apareceu e no Rio podes entrar no mar sem a histeria de um sequestro. É tudo muito rápido, os dias têm a mesma intensidade das semanas em que foste feliz e a presença constante de uma suspeita: mudar de vida é mais fácil do que parece. Porque estás num lugar tão esplendorosamente novo percebes que aqui só um masoquista ficaria deprimido. Talvez não haja nenhuma lição a tirar destes dias que parecem música. Mas quando caminhas para a praia e um dos quiosques passa "Beija eu", de Marisa Monte, sabes que viver com música também é remédio gostoso para a felicidade.

"Seja eu,
Seja eu,
Deixa que eu seja eu.
E aceita
O que seja seu.
Então deita e aceita eu.

Molha eu,
Seca eu,
Deixa que eu seja o céu
E receba
O que seja seu.
Anoiteça e amanheça eu.

Beija eu,
Beija eu,
Beija eu, me beija.
Deixa
O que seja ser

Então beba e receba
Meu corpo no seu corpo,
Eu no meu corpo,
Deixa,
Eu me deixo
Anoiteça e amanheça"
Beija Eu - Marisa Monte

...deixa que eu seja o céu e receba, o que seja seu...

Merecemos todos!!!

Share
"Você não merece sofrer
Merece samba
Os olhos são portas saídas de um coração
Então você pode chorar
Do novo o amor chegará
Encantado, encarnado, esculpido pelo mar

Você não merece ilusão
Merece beijos
Um jeito, um fato novo, um salto, um solar
Pra que visitar solidão
Na borda infinita de um copo de bar
Se eu posso fazer o que posso
Lhe fazer sonhar

Ai ai Amor"
Você Merece Samba - Carlinhos Brown

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

É pena.

Share
Eram uma banda única que trouxe uma nova dimensão à música portuguesa, não gosto de tudo mas há muitas coisas que gosto muito e, acima de tudo, os Da Weasel eram brutais ao vivo. Acabaram mas vamos continuar a desfrutar do talento dos seus elementos, com certeza. Esta faz parte da meu top dos top's.

"(...) Tento ter a força pra levar o que é meu
Sei que às vezes vai também um pouco de nós
Devo concordar que às vezes falta-nos a razão
Mas nem no que há razões para nos sentirmos tão sós

Vem fazer de conta, eu acredito em ti
Estar contigo é estar com o que julgas melhor
Nunca vamos ter o amor a rir para nós
Como queremos nós ter um sorriso maior (...)"
Casa (Vem fazer de conta) - Da Weasel c/ Manel Cruz

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

domingo, 5 de dezembro de 2010

Hoje há festa no meu Rio

Share

Apesar de não ser o Flamengo, o facto de o Fluminense se ter sagrado hoje campeão brasileiro tem alguns factos especiais. O Brasileirão ficar dois anos seguidos em clubes do Rio de Janeiro é uma coisa rara há muitos anos e, por outro lado, deve ser inédito haver um campeão que é português, apesar de brasileiro de nascença, Deco.
Ano tricolor depois de na época passada ter corrido o risco de baixar até à última jornada, o Flamengo, em contrapartida, depois de ter sido campeão, ficou no 14º lugar.

Muito fixe

Share
Megamind

Preguiça

Share
Depois de um almoço de salsichas com couve de lombarda em família nada como a casa quente e um belo sofá para enfrentar este dia cinzento e muito molhado.

Here it is - Luciana Souza